O Projeto possui uma coordenadora e cinco bolsistas (sendo uma egressa e quatro graduandos) selecionados através de edital. O projeto também conta com parceiros voluntários

COORDENAÇÃO –  Solange Straube Stecz

Membro do Comitê Nacional do Brasil do Programa Memória do Mundo da UNESCO-MOWBRASIL. Gestão 2017/2019. Doutora em Educação pela UFSCAR. Mestre em História pela UFPR. Graduação em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Professora do Curso de Cinema e Audiovisual e de módulos de cursos de pós-graduação lato sensu na UNESPAR Universidade Estadual do Paraná. Secretaria Nacional do Centro de Pesquisadores do Cinema Brasileiro. Gestão 2016/2018, Conselheira pela área do audiovisual do Conselho Estadual de Cultura do Paraná – Gestão 2012-2014 e Gestão 2014-2016.Integra a Comissão do Audiovisual do Mecenato Incentivado do Município de Curitiba e a Comissão do Audiovisual do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (PROFICE).Membro da Associação Brasileira de Preservação Audiovisual.  Diretora da Cinemateca de Curitiba- 2008-2013. Analista Técnica para construção do Plano Estadual de Cultura do Paraná MINC/UFSC 2013/2014. Coordenadora Estadual da Rede Kino ( Rede Nacional de Cinema e Educação). Coordenadora do Laboratório de Cinema e Educação LabEducine/Unespar/Campus II /FAP/ Membro do Grupo de Pesquisa GPCINE – Estudos de Cinema/ Unespar/ Campus II/FAP. Coordenadora Estadual da Rede Kino ( Rede Nacional de Cinema e Educação). Membro da Rede Unial (Rede latino Americana de Cinema e Educação).

Endereço para acessar  CV: http://lattes.cnpq.br/6933734062626717

BOLSISTA – EGRESSA – Ana Carolina Mira Porto

Mestre em Antropologia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Bacharel em Cinema e Vídeo pela Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR). Pesquisadora nos campos do cinema educação e da antropologia visual. Cine-educadora para crianças, jovens e adultos, tendo ministrado oficinas de cinema em diversas comunidades periféricas da cidade de Curitiba/PR, em comunidade quilombola na Lapa/PR e com indígenas Guarani de diversas aldeias do estado do Paraná. Possui também experiência em assistência de direção, roteiro e produção.

Endereço para acessar CV: http://lattes.cnpq.br/6688003992116289

BOLSISTAS GRADUANDOS

Catalina Sofia Meza Reyes

Cursando Cinema e Vídeo na Universidade Estadual do Paraná – Campus de Curitiba II – FAP desde 2015, com término em 2018. Atualmente cursa o 7º período. Desde abril de 2017 faz parte do Projeto de Extensão “Meu mundo, Minhas histórias- Protagonismo Juvenil em Rede” vinculado à Universidade Estadual do Paraná- UNESPAR Campus de Curitiba II- FAP sob orientação da Prof(a). Dra. Solange Straube Stecz, no qual ministra oficinas de cinema em escolas da rede estadual de educação. Também participa semanalmente do Cineclube da FAP, o CINEFAP, que faz parte de um projeto de extensão no qual ocorrem todas as semanas exibições e discussões de filmes na faculdade. De forma que na área acadêmica os principais interesses são: Cinema e Educação, Crítica Cinematográfica e Teoria do Cinema. Tem experiência profissional na área de Cinema, tendo atuado nas áreas de Assistência de Produção e Assistência de Direção, sendo elas respectivamente para a produtora Moro Filmes em 2017 e no projeto FOCO- Laboratório de Audiovisual para a produtora Laz Audiovisual em 2016, ambas em Curitiba.

Endereço para acessar CV: http://lattes.cnpq.br/1028188252764321

Jéssica Nicole Lima de Loiola (NICOLE LOIOLA)

Tem experiência na área de artes, com ênfase em cinema e audiovisual, atuando principalmente nos seguintes temas: realização cinematográfica nas funções direção, produção e montagem e também opera nos campos de curadoria, programação e organização de mostras e festivais de cinema.

Atualmente dedica-se à pesquisas na área do cinema e da educação e é integrante do núcleo de pesquisa e extensão LABEDUCINE -Laboratório de cinema e educação da UNESPAR, coordenado pela professora e doutora Solange Stecz Straub. Participa do projeto de extensão acadêmica “Meu mundo, minhas histórias: Protagonismo juvenil em rede” contemplado pelo programa Universidade Sem Fronteira onde ministra oficinas de audiovisual para estudantes secundaristas da rede pública de ensino da região metropolitana de Curitiba. O projeto resultará no web documentário disponível gratuitamente na internet.

Endereço para acessar CV: http://lattes.cnpq.br/8370577294944898

Flora e Silva Suzuki

Graduanda em Cinema e Audiovisual pela Universidade Estadual do Paraná, cursando o 6 período. Pesquisadora no campo de cinema e educação. Cine-educadora de jovens, tendo ministrado oficinas para adolescentes em escolas na região de Curitiba. Experiência em direção de arte e documentarismo.

Endereço para acessar CV: http://lattes.cnpq.br/5887889419773905

Renan de Lima Turci

Graduando no último ano em Cinema e Audiovisual pela Universidade Estadual do Paraná – Campus Curitiba II (Faculdade de Artes do Paraná). Pesquisador nos campos de dança para tela e o hibridismo entre as artes, realizou diversos curtas-metragens na área. Participa também da pesquisa sobre cinema educação e ministrou como cine-educador oficinas para jovens de ensino médio em Colombo-PR pelo programa Universidade sem Fronteira. Coordenou por 3 anos a mostra universitária Mostra o Teu que eu Mostro o Meu – fazendo a curadoria por 2 anos. Além disso tem experiência como montador e assistente de direção.

Endereço para acessar CV: http://lattes.cnpq.br/1616797781052145

PARCEIROS  VOLUNTÁRIOS

Professor Dr. Acir Dias – UNIOESTE – Universidade do Oeste do Paraná.

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (1994), mestrado em Educação, Conhecimento, Linguagem e artes pela Universidade Estadual de Campinas (1999) e doutorado em Educação, Conhecimento, Linguagem e artes pela Universidade Estadual de Campinas (2004). Pós Doutorado com pesquisa em memória e documentário(Em Curso). Atuou na  Universidade Estadual do Paraná, Campus Curitiba II Faculdade de Artes do Paraná onde atuou como coordenador do curso de cinema e audiovisual.. Professor da Universidade Estadual do Oeste do Paraná no programa de pós graduação Linguagem e Sociedade. Possui experiência na área literatura comparada, Educação, com ênfase em Educação Comunicação Cultura Linguagem e Arte, atuando principalmente nos seguintes temas: arte, cinema, literatura, interfaces, cinema, estudos comparados e cultura. É editor científico da revista eletrônica Travessias e faz parte do conselho editorial da revistas Línguas e Letras (UNIOESTE), LL Journal – Língua e Literatura (Nova York). Coordenador da TV IMAGO.

Endereço para acessar CV: http://lattes.cnpq.br/6902191554348937

JOÃO PEDRO MARQUES MION – PROGRAMAÇÃO  VISUAL

Graduado em Design de Produto pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e pós-graduado como Mestre em Administração de Empresas (MBA) em Gestão de Negócios Estratégicos pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Atualmente está concluindo seu mestrado em Antropologia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), realizando pesquisa sobre Consumo e Cultura Material.

Endereço para acessar CV: http://lattes.cnpq.br/3022559864290766

INSTITUTO HISTÓRICO  E CULTURAL DA LAPA

Qualificado como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIP, nos termos da Lei 9.790 de 23 de março de 1999.

Tem como objetivos: Fomentar e cooperar no desenvolvimento de políticas de proteção do patrimônio histórico e cultural; implementar processos de parceria com órgãos governamentais, instituições nacionais e internacionais, públicas ou privadas, e consolidar redes locais, estaduais, nacionais e internacionais de ação institucional; promover a participação e o apoio à realização e difusão de eventos culturais e de defesa do patrimônio histórico, especialmente na forma de festivais, programas de extensão e cursos de aperfeiçoamento, capacitação e especialização; apoiar na edição, divulgação e circulação de livros periódicos relacionados aos seus objetivos institucionais; incentivar, coordenar e executar projetos e programas de preservação e resgate do patrimônio histórico e cultural. Entre as atividades que desenvolve está o Festival de Cinema da Lapa.

Os projetos do LabEducine  seguem as metas da Agenda  2030 da ONU – (Organização das Nações Unidas) para o desenvolvimento sustentável, em especial  os objetivos 4 e 5  que se referem à educação, igualdade de gênero e empoderamento de mulheres e meninas.